Assine o [FEED] e receba nossos posts no seu email!

.

Você acabou de adentrar no mais íntimo do meu ser, na parte onde a poesia reina, onde o instinto poético que me foi presenteado de nascença, me fez exprimir os mais variados sentimentos, onde toda fúria e amor se mesclaram concedendo asas à minha imaginação para combinar cada vernáculo e construir tudo que reside aqui. Aproveita e partilha desse ímpeto...


segunda-feira, 28 de junho de 2010

É irônico ou não é?


Quem mais labuta nesse mundo não pode com suas contas arcar.
Quem é mais honesto tem tão pouco pra oferecer aos seus filhos
Quem é mais solidário vive menos e deixa sua mulher viúva.
Portanto, não trabalhe, roube, seja egoísta e tenha muito dinheiro e vida longa,
Mas quando tudo acabar acerte as contas com o "Chefe".

Claudenor de Albuquerque
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

Milton disse...

Oi meu amigo! Realmente acertar as contas com "O Chefe" é o que todos vamos fazer um dia, e não muito distante..! Meus parabéns por esse poema! Ficou ótimo e bem irônico também! rsrsr É isso ai cara! Siga firme e forte em direção ao seu querer e principalmente ao querer do Criador, que é Quem te da fôlego todos os dias e também É O que te protege de TUDO..! E se você está vivo hoje, é por causa da misericórdia dEle sobre tí..!!! Tudo de bom pra você e que o Eterno te abençõe!!! :) Até + amigo! ميلتون (nuevomilton@hotmail.com)

Claudenor disse...

Muito obrigado cara!!! Com certeza é ele que me dá inspiração, força e o dom de poder transcrever minha indignação em palavras.

Postar um comentário

Gostou do que viu? Então deixe seu comentário para nos dizer do que gostou. Críticas também são bem aceitas.