Assine o [FEED] e receba nossos posts no seu email!

.

Você acabou de adentrar no mais íntimo do meu ser, na parte onde a poesia reina, onde o instinto poético que me foi presenteado de nascença, me fez exprimir os mais variados sentimentos, onde toda fúria e amor se mesclaram concedendo asas à minha imaginação para combinar cada vernáculo e construir tudo que reside aqui. Aproveita e partilha desse ímpeto...


sexta-feira, 25 de junho de 2010

Autoria


Odeio transcrever versos e rimas alheias,
Eles não foram feitos para serem imitados nem compilados,
Eles foram criados para serem lidos e refletidos,
Até compreendo que a muitos não foi dado o dom da escrita e o de pensar,
Ainda assim não reproduziria uma arte já concebida,
Porque não posso e não quero assinar um atestado de inautenticidade,
Bons ou maus prefiro que eles apenas sejam meus.

Claudenor de Albuquerque
Comentários
4 Comentários

Comentário(s)

4 comentários:

iliuchim disse...

mandou bem.

disse tudo parabens.

Claudenor disse...

vlw aew cara...brigadao. Dá uma lida nos mais antigo que vc irá gostar...

Anna disse...

Parabéns Claudenor, tô virando sua fã!! huahua

Claudenor disse...

muito obrigado...sempre acompanhe o blog quando puder. Vou sempre que puder tá postando aqui.

Postar um comentário

Gostou do que viu? Então deixe seu comentário para nos dizer do que gostou. Críticas também são bem aceitas.