Assine o [FEED] e receba nossos posts no seu email!

.

Você acabou de adentrar no mais íntimo do meu ser, na parte onde a poesia reina, onde o instinto poético que me foi presenteado de nascença, me fez exprimir os mais variados sentimentos, onde toda fúria e amor se mesclaram concedendo asas à minha imaginação para combinar cada vernáculo e construir tudo que reside aqui. Aproveita e partilha desse ímpeto...


domingo, 20 de junho de 2010

Finalmente

Sua história anda gravada à minha
Seu destino é o que determina,
a minha sina.
Sina de ter ou de não ser
de te ter ou de padecer.

Sua palavra é o rito final
da minha religião, do meu ideal
de tudo que me parecer real.
O que não vier de você será surreal

Minha vida não suscita final.
Viro imortal, se me ponho a viver pra você.
Se me entrego tudo vira ideal.
Tudo é um sonho sem preciso ter um porquê.
Tudo é sem igual
porque tenho você.

O seu jeito de ser me faz perguntar
Se alguém já tinha o manual de como me agradar
e porque tanto tempo pra te encontrar?
Porque o melhor sempre pra o final ficará
E que final? o início de tudo acaba de começar
Agora o tempo perdido vamos recuperar

Cada dia vivido ao seu lado
É o meu projeto de vida cada vez mais realizado.

Claudenor de Albuquerque
Comentários
2 Comentários

Comentário(s)

2 comentários:

Alex disse...

Gostei.. até me deu um caminho aqui pra escrever.

Abraço

Claudenor disse...

Cara muito obrigado pelo comentário...continue visitando o blog smepre que puder, sempre posto novidades.
abraço

Postar um comentário

Gostou do que viu? Então deixe seu comentário para nos dizer do que gostou. Críticas também são bem aceitas.