Assine o [FEED] e receba nossos posts no seu email!

.

Você acabou de adentrar no mais íntimo do meu ser, na parte onde a poesia reina, onde o instinto poético que me foi presenteado de nascença, me fez exprimir os mais variados sentimentos, onde toda fúria e amor se mesclaram concedendo asas à minha imaginação para combinar cada vernáculo e construir tudo que reside aqui. Aproveita e partilha desse ímpeto...


quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Triste Composição


Numa banqueta o artista
Suas companheiras as notas musicais.
Segue aquecendo os dedos e a alma
Ao dedilhar de seu meia cauda.
Imagina um tempo que se foi
Transforma a lágrima mais profunda
Na composição mais tocante.
Seus dedos pranteiam por ele
Sua face serena e enxuta.

Claudenor de Albuquerque
Comentários
6 Comentários

Comentário(s)

6 comentários:

Mariposa disse...

Olá,

Achei seu blog na comunidade e passei para conhecê-lo.

Fiquei encantada com tanto bom gosto.

Um abraço e já estou te seguindo.

Claudenor disse...

Muito obrigado Mariposa. Obrigado de coração por me seguir. Grande abraço pra ti.

BEBE disse...

E o poeta ao som desta triste canção
solta as letras no ar com
lágrimas de amor.
Lindas poesias...Parabéns Poeta.
Um abraço
da
BEBE

Claudenor disse...

Muito obrigado grande poetisa por sua grande visita e por estar me seguindo. Grande abraço pra ti.

AMOR E POESIA disse...

Parabéns poeta por tão lindas poesias!!!
Abraços.

Claudenor disse...

Muito obrigado pelo seu recado e sua visita. Grande abraço pra ti.

Postar um comentário

Gostou do que viu? Então deixe seu comentário para nos dizer do que gostou. Críticas também são bem aceitas.